Aracaju, 17 de Dezembro de 2018
Superintendente da PF em Sergipe será requisitada por Moro para a transição de Bolsonaro


A Coluna do Estadão, do jornal O Estado de São Paulo deste sábado, 17, informa que a superintendente da Polícia Federal em Sergipe, Erika Marena, será requisitada por Sérgio Moro para fazer parte da equipe de transição do governo Bolsonaro.

Segundo o jornal, Erika, a madrinha da Lava-Jato, não terá remuneração.


Veja a informação do Estadão:

Sem buracos

Ao assumir um cargo na equipe de transição de Bolsonaro, na segunda, o futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, passará a receber salário de R$ 16 mil. A nomeação e sua exoneração como juiz serão publicadas no mesmo dia no Diário Oficial da União.

Me leva

A delegada Erika Marena, atual superintendente da PF em Sergipe, e Flávia Blanco, diretora de secretaria da 13.ª Vara da Justiça Federal no Paraná, também serão requisitadas. Erika não terá remuneração extra na transição. Já Flávia receberá R$ 6 mil.

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados