Aracaju, 18 de Novembro de 2018
MPF/SE realiza workshop sobre telecomunicações no apoio a investigações


Foi realizado em 18 de outubro, no MPF/SE, o workshop “Telecom no Apoio a Investigações”, organizado em conjunto com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e a Divisão de Inteligência e Planejamento Policial de Sergipe da Polícia Civil de Sergipe (Dipol). O evento contou com palestras de diversos técnicos da Anatel e de diferentes operadoras de telecomunicações. O analista Diogo Gomes Sant’Ana, da Secretaria de Perícia, Pesquisa e Análise da Procuradoria-Geral da República (SPPEA/PGR) também ministrou palestra no evento.

Houve participação de servidores de diversas unidades do MPF, além do MPF/SE. Também participaram policiais civis e federais, servidores da Anatel, da Controladoria-Geral da União (CGU) e da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). Foram mais de 60 participantes e o treinamento foi transmitido para a SPPEA/PGR em Brasília.

“O evento foi bastante proveitoso, pois além de permitir a difusão e aquisição de conhecimentos, criou oportunidade para integração entre as instituições e profissionais que atuam na área de investigação” afirmou o chefe da Seção de Pesquisa e Análise Descentralizada do MPF/SE (Sepad), Eduardo Bomfim.

O evento possibilitou o intercâmbio, proporcionando uma visão mais ampla dos processos de investigação de cada órgão, sobretudo nas questões técnicas. “O debate faz com que cada um entenda a função e a necessidade do outro, entendendo que as dificuldades que existem são técnicas e não simplesmente impostas sem quaisquer razões para existir”, afirmou a delegada da Polícia Civil Mayra Evangelista. “Isso vai facilitar também que a gente repasse nossas sugestões, para que o trabalho policial seja ainda mais efetivo a partir da análise de dados telefônicos”, concluiu.

O Gerente da Unidade Operacional da ANATEL no Estado de Sergipe, Odiley Araújo Borges, ressaltou a importância da sinergia entre as instituições para seu aperfeiçoamento e melhoria dos serviços. “Ficamos satisfeitos em aprender e contribuir para esse intercâmbio de conhecimentos e experiências, abordando temas atuais e relevantes para o Brasil, como as telecomunicações e as investigações criminais”, comemorou.

O procurador-chefe do MPF/SE, Rômulo Almeida, destacou a organização e união dos diferentes órgãos para a realização do treinamento. “A iniciativa, inédita até então, foi uma ótima oportunidade para saber a realidade e a contribuição de cada instituição e das operadoras no processo investigativo”, afirmou. “O evento ressalta a disposição dos órgãos de atuar em conjunto, também com as empresas, para melhorar os serviços prestados à sociedade”, finalizou.

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados