Aracaju, 11 de Dezembro de 2018
MPF pede aumento de multa de R$ 200 mil para R$ 2 milhões à Prefeitura de Lagarto por desobedecer a Justiça Eleitoral


O juiz federal Fábio Cordeiro, do Tribunal Regional Eleitoral, proibiu a Prefeitura de Lagarto de entregar 544 casas populares e inaugurar a praça Zezé Rocha.

Os imóveis foram construídos com recursos do Ministério das Cidades.

Ao lado do ministro Alexandre Baldy, na manhã desta quarta-feira, 3, o prefeito Valmir Monteiro entregou os imóveis.

Segundo o secretário de Comunicação do Município, Aloisio Andrade, o prefeito não havia sido notificado antes da entrega do conjunto habitacional João Almeida Rocha.

Sobre a praça, o secretário disse que a inauguração está prevista para o próximo sábado, mas que o prefeito cumprirá a decisão judicial assim que receber a notificação.

Antes da inauguração, o Ministério Público Federal havia pedido aumento da multa de R$ 200 mil para 2 milhões.

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados