Aracaju, 16 de Julho de 2018
PF faz buscas e apreensão em sede de entidade esportiva em Aracaju


Na manhã desta quinta-feira, 12, agentes da Polícia Federal cumpriram mandado de busca e apreensão na sede da Confederação Brasileira de Handebol, em Aracaju.

A Operação Sete Metros investiga associação criminosa entre gestores da entidade e empresas privadas para a prática de irregularidade que teriam chegado a cerca de R$ 6 milhões.

O valor foi repassado pelo Ministério do Esporte durante o ciclo preparatório para os Jogos Olímpicos de 2016, realizados no Rio de Janeiro.

A ação também foi deflagrada em Brasília, São Paulo, São Bernardo do Campo, Santo André e Cotia.

Veja o que informa a PF:

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quinta-feira, 12/07, nas cidade de Aracaju, Brasília, São Paulo, São Bernardo do Campo, Santo André e Cotia, a OPERAÇÃO SETE METROS, com o objetivo de apurar a associação criminosa entre gestores da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) e de empresas privadas para a prática de irregularidades na aplicação de R$ 6.000.000,00 (seis milhões de reais) repassados pela União, através do Ministério do Esporte, para a realização do Campeonato Mundial de Handebol Feminino no Brasil, em 2011, durante o ciclo preparatório para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016.

As investigações demonstraram que a CBHb, sediada em Aracaju, Sergipe, recebeu e continua recebendo recursos federais com fundamento na Lei Agnelo Piva (Lei nº 10.2642001), repassados pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), para aplicação em ações voltadas para o desenvolvimento do handebol no país.

Contudo, os indícios até aqui reunidos apontam que, na aplicação dos valores recebidos, os envolvidos fraudaram licitações, subcontrataram pessoas físicas e jurídicas impedidas de contratar com a União, superfaturaram valores de bens e serviços adquiridos, realizaram pagamentos por serviços não prestados e por bens não entregues e falsificaram documentos nas prestações de contas, incorrendo, por isso, em diversos crimes.

Foram cumpridos 15 (quinze) mandados de busca e apreensão em 6 (seis) cidades, abrangendo os Estados de Sergipe, São Paulo e Distrito Federal.

A operação foi batizada de SETE METROS em alusão à penalidade máxima aplicada a quem comete faltas graves nos jogos de handebol.

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados