Aracaju, 27 de Maio de 2018
Condenada, irmã de Valmir Monteiro permanece na Controladoria do Município


No final da tarde de ontem, um assunto circulou nos grupos de WhatsApp do município de Lagarto: a condenação da Controladora Geral do Município de Lagarto, Alissandra Monteiro, pelo crime de falsidade ideológica eleitoral, ocorrido em 2012, quando a mesma era umas das coordenadoras de campanha da chapa majoritária a reeleição do irmão e atual prefeito Valmir Monteiro (PSC).

Segundo os despachos oficiais, Alissandra, ou Sandra Monteiro como prefere ser chamada, foi condenada a 1 (um) ano, 5 (cinco) meses e 15 (quinze) dias de reclusão e 6 (seis) dias-multa pela prática do crime de falsidade ideológica eleitoral pelo Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE/SE).

A pena aplicada pelo TRE/SE foi  mantida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Entretanto, a mesma foi convertida ainda no TRE/SE em duas medidas restritivas de direito e no pagamento de seis dias de multa.

Ao Lagarto Notícias, Sandra Monteiro explicou que o caso é antigo e que não afeta no desenvolvimento das suas funções na Controladoria Geral do Município de Lagarto. “Eu ainda nem fui notificada desta sentença, mas não perdi os meus direitos políticos e, por isso, continuo à frente da Controladoria até quando o prefeito quiser”, frisou Monteiro.

Confira o despacho do TSE

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados