Aracaju, 19 de Julho de 2018
Rogério diz que Jackson não foi leal ao questionar sua elegibilidade e diz que PT não esquece declarações sobre Déda


Não é boa a relação entre o PT e o ex-governador Jackson Barreto (MDB).

Em entrevista a Gilmar Carvalho, na MIX FM, nesta terça-feira, 10, o presidente estadual do PT, Rogério Carvalho, disse que o partido não esquece as declarações de Jackson sobre Marcelo Déda e o Proinveste: "disse e repetiu, não foi ato falho; continuamos no bloco liderado pelo governador Belivaldo Chagas, mas estamos analisando a relação com Jackson, pois não foi sua primeira declaração".

Por exemplo, perguntou o jornalista.

Resposta de Rogério: "Eu não vi nenhum adversário questionar minha elegibilidade, mas Jackson fez questionamento público, mesmo sabendo que não respondo por dolo, que não sou ficha suja".

Deixando claro que não é boa a relação política com Jackson, Rogério disse que o PT "não aceitará coligação mentirosa; em 2014, parte do PMDB, não votou em mim, a exemplo de Robson Viana, muito ligado a Jackson, diferente do PT, que participou da campanha de corpo e alma".

"O PT exige responsabilidade", disse Rogério.

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados