Aracaju, 18 de Dezembro de 2018
Edvaldo e presidente do TJ/SE assinam termo de compartilhamento da fibra ótica em Aracaju


“Toda grande jornada começa com um primeiro passo”. Com esta assertiva, parafraseando o filósofo Confúcio, o prefeito Edvaldo Nogueira destacou a importância do termo de compartilhamento da fibra ótica do Tribunal de Justiça de Sergipe firmado com a administração municipal para tornar Aracaju uma cidade inteligente. A efetivação da parceria ocorreu na manhã desta segunda-feira, 19, no Centro Administrativo, com a assinatura do convênio entre o prefeito e o presidente do TJ/SE, desembargador Cezário Siqueira Neto.


“Este ato é bastante significativo, pois prepara Aracaju para um grande avanço. Sem Tecnologia da Informação não dá pra pensar em cidade inteligente. Graças à fibra ótica do Tribunal de Justiça, que é bastante moderna e veloz, poderemos implantar projetos fundamentais para a melhoria da prestação dos serviços públicos municipais em diversas áreas, como Saúde, Educação, Segurança, Trânsito e na desburocratização da máquina pública”, afirmou o prefeito.

Em seu discurso, Edvaldo apresentou as primeiras ações que a administração municipal colocará em funcionamento a partir da utilização da fibra ótica do TJ/SE. “Colocaremos a tecnologia a serviço da informatização das escolas, na melhoria da aprendizagem das nossas crianças e no acompanhamento, por parte dos pais, da vida escolar dos estudantes. Será utilizada para o nosso projeto de vigilância virtual da cidade, sobretudo nas escolas e nas unidades básicas de saúde. Terá também função na implantação do Prontuário Eletrônico dos usuários da rede de saúde da cidade, na instalação da semaforização inteligente e na desburocratização de serviços como emissão de certidões”, elencou.

O prefeito reiterou ainda que tais benefícios só se tornarão possíveis graças à parceria com o Tribunal de Justiça “É um gesto extraordinário do TJ. É por isso que acredito e defendo as parcerias. Sozinha, a Prefeitura não teria dinheiro para construir a sua própria estrutura de fibra ótica. É a  somação de esforços e a união, onde cada um compartilha o seu melhor, que nos fará avançar, superar a crise, enfrentar os problemas e ter uma cidade melhor”, disse.

O desembargador Cezário Siqueira Neto, por sua vez, destacou que o convênio com a prefeitura beneficia os dois órgãos: “Melhorar os serviços públicos fornecidos pela prefeitura e divide custos de implantação da tecnologia, que são bastante caros, além de ampliar o alcance geral da rede de fibra ótica”.

Neste sentido, o presidente do Poder Judiciário se disse “extremamente satisfeito” com o compartilhamento da fibra ótica. “É uma excelente parceria, através da qual poderemos propiciar ao povo de Aracaju serviços mais rápidos e com melhoria significativa do bem estar social. Muitas vezes, as pessoas não reconhecem a importância deste tipo de obra, mas é preciso compreender que a velocidade na tramitação dos dados e o uso da tecnologia são fundamentais para o nosso desenvolvimento. Quanto mais investirmos em Tecnologia da Informação, maiores serão os benefícios”, ressaltou.

Cezário Siqueira Neto lembrou que o TJ de Sergipe é pioneiro no país no uso da tecnologia da informação. “Começamos em 1980, e estamos avançando desde então no que tange a questão da informática. Somos o Tribunal que mais avançou em termos de virtualização dos seus processos. Em termos de fibra ótica, estamos expandindo em Aracaju e em parte da região metropolitana. Com esta parceria, a gente abre a possibilidade de estender para outras localidades entidades”, afirmou.

A rede de fibra ótica do Tribunal de Justiça de Sergipe tem cerca de 60 quilômetros de extensão, oferecendo aos seus usuários mais segurança e rapidez no compartilhamento de dados. Para o secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Jorge Santana, o acesso da prefeitura à rede de fibra ótica do Poder Judiciário agiliza o processo de implantação dos projetos de cidade inteligente em Aracaju.

“O modelo de Cidade inteligente tem como pré-requisito uma infraestrutura básica de transmissão de dados. Na medida em que a Prefeitura utiliza a rede do TJ, ela avança etapas e já começa o projeto compartilhando 60 quilômetros de fibra e pode dar uma contribuição maior ao adicionar outros tantos quilômetros para as escolas e postos de saúde. A gente ganha alguns meses, talvez alguns anos, nesta parceria com o TJ”, frisou.

Prestigiaram a solenidade os vereadores Nitinho Vitale, Dr. Gonzaga, Antonio Bittencourt, Zezinho do Bugio, Bigode do Santa Maria e Fábio Meirelles, os juízes auxiliares Gilson Felix e Leonardo Almeida, além dos secretários municipais.

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados