Aracaju, 20 de Abril de 2018
Jackson precisa mudar muito: enorme rejeição dos servidores ativos e aposentados e submissão a Almeida


Entre os maiores problemas para os que estão em posição de comando estão aqueles que NE Notícias chama de AMIGOS PERIGOSOS.

São aqueles que, entre outras coisas, dizem sempre que o chefe está bem e que ouvem muitos mais elogios do que críticas nas ruas. Tudo mentira.

Primeiro, nem andam nas ruas.

Segundo, esquecem que o verdadeiro amigo procura sempre dizer, às vezes até com jeito, a verdade.

Quem anda, e mais que falar, ouve o povo nas ruas, sabe que o governador e político Jackson Barreto estão muito mal, tachado rotineiramente de mentiroso, de alguém que promete e não cumpre, que massacra servidores ativos e aposentados.

Foi o que ouvi hoje - sem perguntar, sem falar no governo ou na oposição, apenas abraçando, recebendo abraços, ouvindo - no Bugio, em Aracaju.

Fico triste por Jackson, por sua história, porque sou seu amigo, embora não tenha compromisso político, mas fico muito, mas muito mais triste com a situação de servidores ativos e aposentados.

Por outro lado, fica difícil, para não dizer impossível, acreditar que Jackson, com toda a sua história, esteja aceitando ser submisso ao SECRETÁRIO de Saúde, Almeida Lima.

A declaração de Breno Silveira, genro de Almeida, abençoado pela máquina da Saúde do governo, na última sexta-feira, de que seu primeiro voto para o Senado está reservado para André Moura (PSC), pode ser a demonstração do fim de Jackson, governador, hieraquicamente superior a Almeida, pretenso candidato ao Senado.

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados