Aracaju, 22 de Novembro de 2017
discorda de condenação e recorrerá de decisão judicial


A CAVO discorda integralmente da decisão e informa que recorrerá nas instâncias cabíveis. Esta posição está amparada por nota técnica emitida pelo Conselho Nacional de Trânsito do Ministério das Cidades que esclarece que "a condução do gari, no momento de execução do trabalho de coleta do lixo, nos estribos, não caracteriza transporte de passageiros, mas sim uma forma para facilitar a operacionalização do serviço nas áreas urbanizadas."

A CAVO reitera que continuará a zelar diariamente pela saúde e segurança de seus colaboradores.

Leia mais:
              Prefeitura, TORRE e CAVO condenada em ação do MPT

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados