Aracaju, 20 de Julho de 2017
ESTADÃO: César Mandarino fica, a pedido de André, e Eduardo Amorim perde acessos ao governo Temer


Nesta segunda-feira, 3, o jornal O Estado de São Paulo confirmou mais uma informação antecipada por NE Notícias: a pedido do líder no Congresso Nacional, André Moura, o governo Temer pretende manter César Mandarino na direção local da Codevasf.

Segundo a Coluna do Estadão, desta segunda-feira, o senador Eduardo Amorim deixa de ter acesso ao governo federal:

          Retaliação. O voto do senador Eduardo Amorim (PSDB-SE) contra a reforma trabalhista na Comissão de Assuntos Sociais quase custou a cabeça do superintendente da Codevasf em Sergipe, César Mandarino.

          Não sai. Indicação de Amorim, Mandarino só não caiu por causa do apoio do líder do governo no Congresso, André Moura (PSC-SE). Mas o senador tucano perderá seus acessos ao governo.

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados