Aracaju, 24 de Junho de 2017
Entre André Moura e Eduardo Amorim, nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia


Entre governistas e oposicionistas, é forte o babado de que o deputado federal André Moura (PSC) está mais para o governador Jackson Barreto (PMDB) do que para a oposição.

Há quem diga até que o líder do governo Temer no Congresso Nacional possa ser candidato a governador com o apoio de Jackson.

Não é assim, nem assim será o tocar da banda nas eleições de 2018.

André continuará onde está e Jackson terá seu próprio candidato, objetivando derrotar, de uma só vez, os senadores Eduardo Amorim (PSDB) e Antônio Carlos Valadares (PSB).

André não está mais na mira dos mísseis de JB, mas também não será, publicamente, seu aliado político.

Publicamente, a aliança continuará sendo apenas administrativa. Tudo por amor a Sergipe.

Também não haverá rompimento entre André e Eduardo Amorim.

Quanto a Valadares, o esforço de André não é e nem será o mínimo do muito que foi nas campanhas de Eduardo para o Senado e o governo.

NE Notícias repete: André não romperá com Eduardo.

Mas nada do que foi será de novo do jeito que já foi um dia.

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados