Aracaju, 24 de Setembro de 2017
Tarifa de gás de Sergipe passa a ser a mais cara do Brasil


Há cerca de uma semana, foi divulgado que a tarifa industrial de gás natural em Sergipe era a segunda mais cara do Brasil. Porém, para completa surpresa das indústrias houve mais um reajuste autorizado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos de Sergipe (AGRESE), que passou a tornar a tarifa do estado a mais cara do país.

Para o Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES), Eduardo Prado de Oliveira, “enquanto que nos estados de Alagoas e Ceará, o reajuste da tarifa é feito com toda transparência e publicidade adequadas, com audiências públicas, publicações de notas técnicas para discussão e prazo para que as empresas se adequem a entrada em vigor da nova tarifa. Em Sergipe a coisa é feita sem a menor publicidade pela Agência”.

Esse foi o segundo reajuste em 2017. O primeiro aumentou o preço do insumo em 8,61%. Esse último majorou o preço em mais 6,39%. Enquanto isso, Sergipe figura como o terceiro maior produtor de gás natural do Nordeste, nos últimos oito anos. Adicionalmente, nos últimos doze meses encerrados em abril último, a indústria sergipana apresenta saldo negativo de mais de 7.400 postos de trabalho.

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados