Aracaju, 25 de Julho de 2017
ESCÂNDALO DO LIXO: Edvaldo diz que Valadares Filho resolveu apelar para o tapetão


O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, disse hoje que o candidato derrotado à prefeitura de Aracaju, Valadares Filho, ainda inconsolado com as sucessivas derrotas eleitorais – em 2012, para João Alves, e, em 2016, para o próprio Edvaldo nos dois turnos – pretende criar um improvável terceiro turno eleitoral para ver se, através de "estratégias golpistas e sorrateiras", alcança finalmente a possibilidade de chegar ao comando da administração municipal. Num vídeo divulgado ontem à noite, o candidato derrotado à prefeitura de Aracaju aproveitou-se do fato do nome do prefeito de Aracaju ter aparecido numa suposta conversa com empresário do setor de limpeza pública para acusá-lo e pedir sua cassação junto às instâncias eleitorais, mesmo sem quaisquer provas ou mesmo indícios, conforme o próprio inquérito policial. 

“Valadares Filho tem tido tanto insucesso para o Executivo através do voto direto, que resolveu apelar para o tapetão”, comentou Edvaldo, acrescentando que está absolutamente tranquilo em relação à sua conduta neste processo.

Nogueira reiterou seu apoio ao papel das instituições que atuam na fiscalização do exercício do poder público, seja na esfera da polícia ou do Ministério Público, observando que elas atuam conforme a Constituição, portanto, amparadas nos direitos e deveres emanados da democracia, mas, em relação ao deputado Valadares Filho e seus seguidores inconsoláveis, disse que suas mágoas são resultadas do inconformismo em aceitar o resultado das urnas. 

“Ele sabe que não tem lastro para ser prefeito de uma cidade como Aracaju, com problemas tão complexos, com uma opinião pública crítica e exigente para tolerar políticos que fogem das responsabilidades impostas pelos cargos que ocupam, como fez o deputado ao se ausentar de uma das mais importantes decisões da Câmara, o projeto da terceirização. Ele não foi sim, nem não: foi fujão”, lamentou o prefeito Edvaldo Nogueira, certo de que esse tipo de iniciativa – de dizer que vai recorrer do resultado de uma eleição sem razões plausíveis e através de atitudes golpistas – não encontra resposta numa sociedade madura e criteriosa como a população de Aracaju.

VEJA: Inquérito do Lixo chega à campanha de Edvaldo

Saiba mais
Manifeste
Comunicar erro
Utilize este espaço para comunicar erros encontrados
nas matérias publicadas pelo NE Notícias.


limite de caracteres:
Enviar




limite de caracteres:
Fale com o NE
Este é o seu contato direto com o NE. Preencha o
formulário e envie o seu recado.


digite o código abaixo e clique em enviar
    
NE no Facebook      NE no Facebook
NE no Twitter      NE no Twitter
Desenvolvimento: Goweb Tecnologia
Projeto Gráfico NE Notícias - Leia hoje as notícias de amanhã Todos os direitos reservados